Alimentação durante a gravidez | NATELE® Suplemento Alimentar

Gravidez

Alimentação durante a gravidez

Mulher grávida em dieta saudável segurando salada

Este artigo pode ajudar a responder:

Quais alimentos devo comer na gravidez?

Quais alimentos devo evitar na gravidez?

Posso tomar remédio durante a gravidez?

A gravidez é um dos períodos mais desafiadores em termos nutricionais que você pode vivenciar. Na realidade, durante a gravidez, o consumo alimentar recomendado de nutrientes aumenta em até 50%.
 
Ao longo de sua gravidez, você e seu bebê precisarão de quantidades maiores de nutrientes para manter a energia e o desenvolvimento. Mas o que mais você precisa saber?

Descubra mais sobre:

    Assim como com a sua dieta pré-concepcional,  sua alimentação na gravidez deve consistir de alimentos integrais saudáveis, como frutas, verduras, laticínios e carnes não processadas. 

    Variedade de saladeiras

     

    Todos esses tipos de alimentos ajudarão a garantir que você receba os nutrientes essenciais durante a gravidez, como ácido fólico, ferro e iodo. Seu Suplemento alimentar vitamínico Natele® também vai ajudá-la a consumir diariamente sua ingestão diária recomendada, além de apoiá-la durante sua gravidez.

    Se você for bastante afetada pelo enjoo matinal no primeiro trimestre, à medida que os sintomas diminuem, é um alívio querer comer alguma coisa que não seja bolacha de água e sal. 

    Em vez de focar na quantidade, foque na qualidade. Encha seu prato de carnes magras, verduras folhosas verdes e laticínios ricos em cálcio

    Mas, em vez do velho ditado de comer por dois, é importante que você não exagere – lembre-se de que um de vocês é bem pequeno.

    Em vez de se concentrar na quantidade, concentre-se na qualidade. Encha seu prato de escolhas saudáveis como carnes magras, verduras verdes folhosas e laticínios ricos em cálcio. Se você sentir mais fome do que o normal, não se esqueça de ter lanchinhos saudáveis à mão – alguns legumes cortados, uma barra de cereais com baixo teor de açúcar ou frutas sustentarão você melhor do que uma rosquinha ou uma barra de chocolate.

    Novamente, assim como com a sua dieta pré concepcional  , além de itens como alimentos ricos em gordura, álcool e cafeína, é recomendado evitar carnes processadas, saladas pré-preparadas e peixes com alto teor de mercúrio durante a gravidez.

    Conforme você avança em sua gravidez, seu apetite pode aumentar, mas o espaço para armazenar toda essa comida começa a ficar um pouco apertado. Você pode achar que sentar-se à mesa com uma fome insaciável, mas basta comer algumas garfadas e já se sentirá satisfeita.

    Comer muito pode causar azia e indigestão, o que pode ser ainda mais desconfortável do que o normal quando se está grávida. Escolha refeições menores e mais frequentes ao longo do dia, em vez de pratos de comida maiores e refeições mais espaçadas.

    A segurança alimentar durante a gravidez é essencial. Além do fato de que você e seu bebê precisam de todos os nutrientes que puder obter, determinadas tipos de bactérias ou intoxicações alimentares podem ser prejudiciais, por isso é recomendado ter um cuidado especial. Isso pode incluir:

    • Lavar as mãos antes de preparar e comer a comida. 
    • Garantir que sua cozinha esteja limpa para evitar germes e bactérias indesejadas. 
    • Assegurar que os alimentos sejam devidamente cozidos para evitar bactérias e intoxicação alimentar.
    • Armazenar os alimentos corretamente e atentar-se às datas de vencimento.